FORTALEÇA SEU AXÉ

1º DE SETEMBRO
MÚSICA
Banda AfroEntes mostra trabalho autoral na Sala Álvaro Moreyra

A banda porto-alegrense AfroEntes apresenta o espetáculo musical Fortaleça seu Axé no dia 1º de setembro, às 20h, na Sala Álvaro Moreyra (Centro Municipal de Cultura). O show é um dos projetos contemplados no edital de ocupação dos teatros municipais neste semestre.

Criada no final da década de 90, a banda AfroEntes teve uma pausa nas atividades e retornou à ativa em 2015. O grupo tem inspiração na musicalidade de matriz africana, explorando influências de ritmos angolanos, afro-brasileiros e afro-latinos. O repertório autoral trata de temas como a consciência negra e a denúncia social, em uma sonoridade dançante.

O evento será a primeira apresentação exclusiva da banda em uma sala teatral e contará com convidados especiais. O grupo - que em setembro entra em estúdio para gravar seu primeiro EP - é formado por Nina Fola (percussão e voz), Nilson Tokumbó (baixo, cavaquinho e vocal), Vagner do Rosário (percussão e vocal) e Vladimir Rodrigues (guitarras e vocal).

Fortaleça seu Axé, da banda AfroEntes
Horário: 20h
Local: Sala Álvaro Moreyra – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues
Endereço: Av. Érico Veríssimo, 307 - Menino Deus

QUARTAS NA DANÇA

31 DE AGOSTO E 1º DE SETEMBRO
DANÇA
Quartas na Dança de agosto apresenta o espetáculo ÌgbÀ: Exercício de Contemplação com Coletivo Moebius

No dia 31 de agosto, às 20h, no Teatro Renascença, o projeto Quartas na Dança apresenta o espetáculo ÌgbÀ: Exercício de Contemplação, com Coletivo Moebius. O evento é promovido pelo Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre e oferece ao público espetáculos de dança uma quarta-feira por mês. 

O espetáculo tem como inspiração o imaginário das religiões afro-brasileiras, seus mitos, suas tradições e, sobretudo, sua profunda relação com a natureza e com o tempo. O termo Ìgbà, de origem yorubá, designa, em uma só palavra, o tempo em si e o espaço que abriga a representação sagrada de uma força da natureza. 

Partindo da ideia de que tudo carrega a essência da natureza, o Coletivo Moebius apropria-se de alguns conceitos da filosofia africanista para compor uma experiência cênica que revela o eco dessas forças e dessas intensidades em constante transformação. Ìgbà: exercício de contemplação é, assim, um convite para contemplar o corpo como paisagem, miríade de sensações, de formas, de cores, de fluxos. O Projeto Quartas na Dança é uma iniciativa do Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre.

O Centro Municipal de Dança aceita agendamento prévio para escolas e instituições com ingresso franqueado.

Horário: 20h
Local: Teatro Renascença
Endereço: Av. Érico Veríssimo, 307 - Menino Deus
Informações: (51) 3289 - 8063, ou pelo e-mail (tomazzoni@smc.prefpoa.com.br).

CEZAR MIGLIORIN E ISAAC PIPANO EM FALA ABERTA NA CINEMATECA CAPITÓLIO

Nos dias 01 e 02 de setembro, o Programa de Alfabetização Audiovisual recebe na Cinemateca Capitólio os pesquisadores Isaac Pipano e Cezar Migliorin para duas falas abertas sobre Cinema e Direitos Humanos e Cinema e Cidades.
Isaac Pipano
As palestras fazem parte do projeto Mais Cinema, ciclos Direitos Humanos e Cidades, que consiste no acompanhamento de projetos que trabalhem na articulação dos temas Cinema e Direitos Humanos e Cinema e Cidades, promovendo o encontro dos estudantes com a experiência do cinema, no espaço público da sala escura, e dos professores com dois importantes pesquisadores da relação cinema e educação no Brasil. As seis sessões do Mais Cinema são destinadas a grupos de estudantes previamente selecionados e acontecem durante o mês de setembro de 2016, na Sala Redenção - Cinema Universitário, no Campus Central da UFRGS. 
Cezar Migliorin
Aproveitando a vinda de Isaac Pipano e Cezar Migliorin, as falas iniciais de cada ciclo serão abertas ao público interessado mediante inscrição prévia. (As vagas são limitadas!)

As inscrições para as falas abertas devem ser encaminhadas para o e-mail alfabetizacaoaudiovisual@gmail.com contendo as seguintes informações: nome completo, email, telefone, instituição de origem, CPF e nome da mãe. A presença será certificada pelo Programa de Alfabetização Audiovisual.

Isaac Pipano é pesquisador de cinema e doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense. É Coordenador do projeto nacional de cinema, educação e direitos humanos: Inventar com a Diferença.

Cezar Migliorin é pesquisador, professor de Cinema e membro do Programa de Pós-Graduação em Comunicação na Universidade Federal Fluminense. É Coordenador do projeto nacional de cinema, educação e direitos humanos: Inventar com a Diferença.

O Programa de Alfabetização Audiovisual é realização conjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Sul através da Faculdade de Educação e da Divisão de Difusão Cultural - Sala Redenção com financiamento do Ministério da Cultura e realização da Prefeitura de Porto Alegre – SMC/SMED que, ao garantirem condições para a realização deste projeto reafirmam sua crença no cinema e na educação e no seu potencial de delicadeza e humanidade imprescindíveis para a construção de uma sociedade mais justa.

1 DE SETEMBRO
PALESTRA CINEMA  E CIDADES  COM ISAAC PIPANO
Horário: 9h30 

2 DE SETEMBRO
PALESTRA CINEMA  E DIREITOS HUMANOS COM CEZAR MIGLIORIN
Horário: 9h30 

Local: Cinemateca Capitólio
Endereço: Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico

ESCOLA DE ESPECTADORES DE PORTO ALEGRE

27 DE AGOSTO, 10 E 14 DE SETEMBRO, 8 E 22 DE OUTUBRO, 5 E 19 DE NOVEMBRO
CURSOS E OFICINAS
EEPA reinicia no dia 27 de agosto lembrando os 20 anos do Depósito de Teatro

A abertura do sexto semestre da Escola de Espectadores de Porto Alegre (EEPA) terá a presença de integrantes e ex-integrantes do Depósito de Teatro lembrando e debatendo a trajetória de 20 anos do grupo. Durante a aula, também serão discutidos os espetáculos-tema Bukowski – História da Vida Subterrânea e a montagem infantil Missão Água, montagens do Depósito atualmente em cartaz. Os alunos da EEPA têm direito a meia-entrada nos dois espetáculos, bastando identificar-se na bilheteria. 

A aula inaugural da EEPA ocorre no dia 27 de agosto (sábado), entre 9h e meio-dia, na Sala Álvaro Moreyra (Av. Erico Verissimo, 307). As atividades da escola são GRATUITAS, e não se exigem pré-requisitos nem matrícula prévia.

Nesses quase quatro anos de funcionamento, a Escola discutiu mais de 50 espetáculos-tema, com a presença de quase cem artistas e técnicos, abordando principalmente montagens locais, mas também nacionais e internacionais durante os períodos de realização do Porto Alegre Em Cena, do Festival Palco Giratório e do Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre.

A EEPA é uma iniciativa da Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, e a coordenação é do jornalista e critico teatral Renato Mendonça. Confira nossa página no Facebook fazendo busca por “Escola de Espectadores”.


Criada em 2013, a Escola tem por objetivo a formação de público. Concilia aulas sobre fundamentos de artes cênicas e debates com diretores, atores, produtores e técnicos, tendo como tema produções que estejam em cartaz na capital.  A participação é gratuita, e não são exigidos pré-requisitos dos alunos. 

Horário: 9h 
Local: Sala Álvaro Moreyra
Mais informações: cac@smc.prefpoa.com.br
Fone: 3289-8062

SALA P. F. GASTAL EXIBE TRÊS FILMES DE WHIT STILLMAN

ATÉ 31 DE AGOSTO
CINEMA
CICLO COM FILMES DE WHIT STILLMAN NA SALA P. F. GASTAL 

A partir de quinta-feira, 25 de agosto, a Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) apresenta o ciclo 3x Whit Stillman, com três filmes de um dos principais diretores do cinema independente americano. A mostra tem projeção digital, apoio da distribuidora MPLC e da locadora E o Vídeo Levou.

O Futebol, documentário de Sergio Oksman, segue em exibição até 31 de agosto. 

WHIT STILLMAN
Argumentista e realizador americano, Whit Stillman formou-se na Universidade de Harvard em 1973, trabalhou como jornalista em Nova Iorque e em 1980 mudou-se para a Barcelona, onde conheceu alguns produtores espanhóis. Financiou o seu primeiro filme Metropolitan (1990) com a venda do próprio apartamento. Seguiram-se Barcelona (1994) inspirado nas suas experiências na Espanha durante o início dos anos 1980 e Os Últimos Embalos da Disco (1998), também baseado nas suas viagens e experiências nas várias casas noturnas de Manhattan e, possivelmente, no Studio 54. Profundamente calcados na palavra, os três filmes formam, em definição do próprio diretor, uma trilogia sobre “as línguas ácidas e os corações partidos” da juventude nova-iorquina dos anos 1980. Depois de treze anos sem filmar, Stillman lançou Descobrindo o Amor (2011), um musical de humor inusitado, inspirado no cinema americano realizado durante o Código Hays. Em 2016, retomando a dupla protagonista de Os Últimos Embalos da Disco, Kate Beckinsale e Chloë Sevigny, lançou Amor & Amizade, adaptação extremamente pessoal do romance epistolar de Jane Austen, Lady Susan.  

GRADE DE PROGRAMAÇÃO
Barcelona
(Barcelona, 1994, 100 minutos)
Dois primos americanos - um executivo, o outro oficial da Marinha - mostram grandes divergências quanto às suas opiniões e estilos de vida, especialmente nas relações com as mulheres. Mesmo assim, passam temporada juntos em Barcelona, aprendendo a conviver e somando aventuras amorosas.

Os Últimos Embalos da Disco
(The Last Days of Disco, 1998, 113 minutos)

Nova York, início dos anos 80. A era disco está chegando ao fim. Em uma das mais badaladas discotecas da cidade, um grupo de jovens se encontra, dança e se diverte. Charlotte Pingress (Kate Beckinsale) e Alice Kinnon (Chloë Sevigny) são recém-formadas e trabalham em uma editora. À noite, procuram novos amores nas pistas de dança. Exibição digital. 

Descobrindo o Amor
(Damsels in Distress, 2011, 99 minutos)

Uma comédia sobre um trio de belas garotas – a dinâmica líder, Violet Wister (Greta Gerwig); a de bons princípios, Rose (Megalyn Echikunwoke) e a sexy Heather (Carrie MacLemore) - e como elas revolucionaram a vida em uma Universidade “grungy” americana. Elas dão as boas vindas à estudante Lily (Analeigh Tipton) em seu grupo, que procura ajudar alunos deprimidos com um programa de boa higiene e números musicais de dança. As garotas se envolvem romanticamente com uma série de homens – incluindo o tranquilo Charlie (Adam Brody); o atraente Xavier (Hugo Becker); e com os “machões” Frank (Ryan Metcalf) e Thor (Billy Magnussen) - que ameaçam a amizade e a sanidade delas. Exibição em DVD. 

O Futebol
2015 | Brasil| Documentário | 70 min
Direção: Sérgio Oksman
Sinopse: Sergio e seu pai, Simão, não se viram ao longo de 20 anos. A realização da Copa de 2014 no Brasil fornece ao filho, que mora na Espanha, um pretexto para conviver algum tempo com o pai, retomando seu antigo hábito de assistirem a jogos juntos, mantido quando o filho era garoto. Esta viagem poderá trazer, mais do que reconciliação, uma exploração em território desconhecido.


GRADE DE HORÁRIOS - 25 a 31 de agosto de 2016

25 de agosto (quinta)
17h – Barcelona
19h – O Futebol

26 de agosto (sexta)
17h – Os Últimos Embalos da Disco
19h – O Futebol

27 de agosto (sábado)
17h – Sessão Plataforma (Nos últimos dias da cidade, de Tamer El Said)
19h – O Futebol

28 de agosto (domingo)
17h – Descobrindo o Amor
19h – O Futebol

30 de agosto (terça)
17h – Os Últimos Embalos da Disco 
19h – O Futebol

31 de agosto (quarta)
17h – Barcelona
19h – O Futebol

Local: Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro
Endereço: Av. Pres. João Goulart, 551 - Centro Histórico 

REPÚBLICA DO ROCK AGOSTO

30 DE AGOSTO
MÚSICA
Bandas Suco Elétrico e Trem Imperial mostram novos discos no República do Rock

A edição de agosto do projeto República do Rock terá shows de duas das bandas mais ativas do cenário independente de Porto Alegre, ambas com novos álbuns lançados recentemente. Além de contarem com um integrante em comum, Suco Elétrico e Trem Imperial compartilham também a intenção criativa de combinar o rock a outros estilos musicais, fugindo de rótulos e padronizações fáceis.

Em 15 anos de história, a Suco Elétrico lançou três EPs e dois álbuns. Agora, depois de passar por mudanças na formação, apresenta o novo CD, Se o Futuro Permitir. Nas 10 canções, o grupo experimenta uma reformulação sonora, ao mesmo tempo em que aprofunda a fusão de peso, psicodelia, poesia e melodia explorada nos primeiros trabalhos. Na escalação atual, o antigo baterista Alexandre Rauen - que gravou boa parte das baterias do disco - assume os vocais, e Lucas Kinoshita cuida dos tambores. O time se completa com K.C.O. Lino (guitarra e voz) e Drunk Rodrigues (baixo).

A Trem Imperial, que neste mês completa nove anos de estrada, também chega ao Teatro Renascença com um novo disco na bagagem. O CD Louca Viagem - lançado em maio, em show que lotou o Theatro São Pedro - tem como ingredientes principais a energia do rock e o balanço do reggae, em uma receita autoral influenciada por nomes como Os Mutantes, Bob Marley, Pink Floyd, Steel Pulse, The Police, Gilberto Gil e Beatles. O trio de Andrei Corrêa (voz principal e guitarra), Filipe Narcizo (voz e baixo) e Lucas Kinoshita (voz e bateria) tem experiências em festivais e turnês dentro e fora do Brasil.

O República do Rock, criado em 2008, é uma realização da Prefeitura, por meio da Coordenação de Música da Secretaria da Cultura de Porto Alegre.

REPÚBLICA DO ROCK
Horário: 20h
Local: Teatro Renascença 
Endereço: Av. Érico Veríssimo, 307 - Menino Deus
Entrada Gratuita (retirada de senhas na bilheteria do teatro, no dia do evento, a partir das 19h)

MEMOPOA

25 DE AGOSTO A 25 DE SETEMBRO
EXPOSIÇÃO 
EXPOSIÇÃO E LANÇAMENTO DO JOGO DE MEMÓRIA MEMOPOA NA GALERIA DOS ARCOS DA USINA DO GASÔMETRO 


A Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria da Cultura de Porto Alegre inaugura na próxima quinta-feira, dia 25 de agosto, às 19h, a exposição MemoPOA, dos fotógrafos Anderson Astor, Eduardo Alemão Aigner e Marcelo Cúria. O projeto MemoPOA procura valorizar a memória visual/arquitetônica/ histórica de Porto Alegre, através da combinação de imagens antigas e atuais da capital, na forma de um jogo de memória.

MemoPOA foi financiado pelo Fumproarte, o fundo municipal de apoio à produção artística,  e terá 70% de sua tiragem distribuída gratuitamente às escolas de ensino fundamental da cidade.

As imagens históricas, em sua maioria, pertencem ao acervo do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo – Fototeca Sioma Breitman. Assessoria de Mara Regina Nunes e Guilherme Lund. O jogo foi impresso pela OdPrint Odisseia. O texto introdutório é de autoria de Vitor Necchi. Pesquisa e textos foram feitos pela Leticia Bauer e Alessandro Azevedo. Desenho gráfico de Eduardo Alemão Aigner.

O website foi criado por Souto Rodrigo e as cópias da mostra foram feitas pelo Armazém da Impressão. A vernissage terá chope da Cervejaria Solerun e Cervejaria Portoalegrense. A exposição pode ser visitada até o dia 25 de setembro, de terças a domingos, entre 9h e 21h. 

Horário de visitação: De terças a domingos, das 9h às 21h
Local: Galeria dos Arcos da Usina do Gasômetro
Endereço: Av. Presidente João Goulart, 551 - Centro Histórico
Entrada Gratuita